camomila

tentar se encontrar quando acha que tudo está perdido. quando a saudade dos amigos e da família aperta o peito. quando a saudade que eu tenho de você dança de salto alto em cima do meu coração machucado. quando eu preciso falar sobre várias coisas e fico desabafando pra Deus nas orações. existe um Deus e eu sei que ele te orienta a me cuidar e me amar, de onde quer que você esteja.

mas meu amor, eu sinto a sua falta. e isso me deixa arredia e amuada pelos quatro cantos dessa cidade. ainda tenho o meu lugar favorito na casa, mas encontrei outro para me encostar e tomar café durante a tarde. me encosto e observo. descobri as rotas dos aviões, a posição que a vizinha guarda o carro, o horário que as crianças da creche vão embora. é feliz poder olhar daqui pequenas alegrias que brincam por lá. o heliponto continua movimentado perto das 18h e eu continuo em casa. desanima, mas eu agarro o meu bastidor ou esse computador, tudo para não dificultar.

tenho tomado muita camomila, tenho chorado muito na janela. tenho escutado muito jazz. redescobri como o jazz me aquece o peito, como fiz em 2005 e em 2006. como fiz na mudança e como faço em períodos reclusa. encontrei os seus queridos, lembramos de como você cozinhava. eu tento, mas não chego aos seus pés. cozinho para me sentir mais perto de você.

pensar no seu sorriso é como tomar um chá de camomila concentrado. me acalma.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s