cry me a river


meu bem,

são paulo está cor de rosa. é que as flores dos ipês estão caindo por toda a cidade e é como se tudo fosse um grande recomeço.

ando muito sozinha, com muito aperto no peito e uma agonia que vai e que volta de repente, sempre me pegando desprevenida. a agonia, eu sei, é saudade. já sei disso. me faz chorar no banho ou trocando de roupa pelas manhãs com medo de encarar o dia que está acordado comigo.

mas essa carta é pra dizer que hoje eu ouvi cry me a river e a música continua ali toda solitária que nem eu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s