saudades

agora que você se foi eu fico dolorida pra lembrar. mas olhe, vou sentir muito sua falta. dos almoços de domingo, de ver a senhora cochilando na cadeira enquanto a novela das 7 tava passando, da fritada de lombo, da sua cadeira de balanço, do sucos, da sua indignação pq eu era vegetariana, da comida da senhora, dos seus aniversários, do seu sítio, de te dar beijo e pegar na sua mão.
vai me fazer falta a sua vaidade, as suas unhas pintadas, os seus cabelos penteados e da senhora toda perfumadinha.
vou sentir falta dua sua risada, de escutar a senhora falando que hoje tudo é muito moderno e que na época de voinho tinha que ir pro cinema com três pessoas segurando vela.
é, mulher. hoje é tudo tão moderno que mesmo morando lá no caos eu via a senhora no skype, a gente dava risada juntas e eu queria tanto te apertar e te beijar. e eu sei que agora a senhora tá aí, junto da sua nêga e do meu voinho olhando a gente aqui embaixo e achando graça dessa vida que a gente leva.

se cuide por ai. e cuide da nêga.
amo vocês.

Anúncios

3 comentários

  1. A saudade ainda será maior. E vai doer sim. Mas vale abrir um sorriso enorme quando se lembrar de todas as coisas boas que ela te ensinou.
    Ela está melhor que a gente. Acredite.
    E, tenho certeza, que estará te protegendo lá de cima ;)
    Com carinho,
    beijos.

  2. ja te falei, umas mil vezes e repito: sao anjos. elas, estes e aqueles que jamais vemos ou iremos ver, são anjos que seguram em nossas costas e passam a vida nos empurrando para frente para que a gente nunca desista.

    eu queria era te dar um abraço, mas um abraço daqueles minha amiga… só que agora não tem como.

    mas sabe que hoje andei pensando numas coisas… em quanto sofremos, em quanto vivemos, pelo o tanto que se passa, pelo longe, pelo perto e sabe o que? o amor é tudo. nada mais importa, não importa medidas, explicações, o raio que o parta. o amor.

    ele não só quebra fronteiras, ele transporta-se por dimensões não conhecidas
    e passa seus dias sempre aqui: ardendo fiel em nossos corações, deixando marca única em nossas almas.

    e o que eu posso te dizer quando a dor parece que não se vai? é que um dia essa danada diminui… mas o amor continua lá. sempre lá. sempre crescendo, sempre vivo, sempre ardido. e é ele que alimenta os anjos que não nos deixam cair. ame, independente de qualquer coisa, ame e ame muito.

    tenho certeza que ela queria também é te abraçar e lotar de beijos, boneca aquarela, tenho certeza. força.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s